Sétima Carta - Orgulhoso

Enquanto estás a ler estas palavras espero que penses bem nestas atitudes. Conheço-te melhor que muita gente e acredita que eu sei muito bem como te sentes. Acredito que com tudo o que te disse eu magoei-te, e acredito que seja por esse motivo que não queiras lutar por nós. Compreendo. Conheço a tua maneira de ser, até o que te vai no coração. Sei que há mínima falta de amor qualquer pessoa que chegue tu pensas que te apaixonas por ela, ou que estás a gostar dela, tal como já te aconteceu várias vezes apesar de eu ser o único que morava no mesmo. Sabes muito bem que quando discutimos custa-me imenso, mas eu não vou voltar atrás como fiz das outras vezes, desta vez tu vais aprender. Vais aprender quando tu vires que a pessoa que tu amas de verdade não vai estar mais atrás de ti nem a mandar-te mensagens sem respostas, não vai estar horas em chamada contigo, não vai estar simplesmente lá. Acho que todos sabemos onde é que isto vai dar, eu não me vou preocupar mais contigo, descansa! Talvez quando te aperceberes do que sentes mesmo no coração seja tarde demais, e sabes porquê? Porque não amas esse que dizes que te estas a apaixonar, amas-me a mim. Isso viu-se nos teus olhos e nas tuas atitudes há dois dias, e nunca me venhas com desculpas porque não fui o único que entendeu isso. Eu não estou a dizer isto porque quero ficar contigo, estou a dizer isto porque sou teu amigo e porque é rara a tua decisão que não se torna num erro para a tua vida. Mas como dizem é com os erros que se aprende né? Talvez aprendas de uma vez por todas a ir atrás das pessoas e que deixes esse orgulho de parte. Não me esqueceste num mês, nem num mês e 15 dias, não acredito que me tenhas esquecido num mês e 23 dias. Da forma como tu desapegas das pessoas e tanto tempo para me esquecer? Era mesmo verdadeiro não era? Ou é? Só espero que com isto te lembres de tudo o que vais largar, todo o pequeno pormenor, por, tu sabes bem pelo quê… Orgulhoso!

8 comentários:

  1. Como se chama a musica ?

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Omg, exatamente o que sinto...... adoro :o
    Sei exatamente como te sentes! é horrível termos alguém de quem gostamos e que já esteve connosco e de um momento para o outro parece que esquece que nós existimos, simplesmente queremos deixar de prestar atenção a essa pessoa tal e qual como ela fez connosco, desprezá-la ao mesmo nível, mas a verdade é que cada vez que a vemos o coração dispara a mil com vontade de a abraçar e beijar tal e qual como antes acontecia... Pensamos que sem ela a vida nao faz mais sentido e que apenas ela dá um verdadeiro sentido na nossa vida. É algo que só o tempo cura mas até lá doi. É como se o coração quebrasse em mil bocadinhos. Mas será que ela se importa nessa altura? Como é obvio, CLARO QUE NAO, só quando vê a pessoa ser feliz com outra é que realmente vê o que perdeu e nao notou. Na verdade a raça humana só dá valor quando perde, mas quem quem esqueceu bastante rápido, na verdade nunca se importou :// é assim a vida :(

    ResponderEliminar
  4. Adorei a carta!
    Já agora, obrigada pelas palavras do outro dia :)*

    ResponderEliminar
  5. olá docinho , criei um novo blog se me quiseres continuar a seguir o link é este : vamoscontarestrelasjuntos.blogspot.com , beijinhos muito grandes (:

    ResponderEliminar